Mais um poeta

IMG-20150421-WA0057
Arte por Fernanda Castelo

A solidão parece ser triste
Somos acostumados com a mesmice
Decepções e desilusões vem pra ensinar
Minha vida é o que de mais precioso há

Vejo pessoas vivendo
Vejo pessoas morrendo
Vidas que se foram
Vidas que vem
Sonhos acabados
Sonhos começados

Ontem acordei querendo ouvir Tim Maia
O romantismo de Primavera combinava com aquela manha fria
Atrás da porta de Elis Regina venho em seguida
Porque, de fato, o clima era de despedida

As vezes me sinto só
Me sinto só quando esqueço de mim
Me sinto só quando não cuido de mim
Felizes são as pessoas que não procuram felicidade nas outras

Como dizia o poeta: a vida é uma grande ilusão
Tom Jobim já sabia que os desafinados também tem coração
A sensibilidade que se torna arte, a percepção das coisas simples e óbvias
Tudo isso nos forma e a poesia ganha forma

Lá vai, lá vai mais um poeta
Quero amar sem pressa
Paixões acabam cedo
e isso me dá medo
Espelhos se quebram
que medo me dá
Se da solidão, a poesia eu não tirar

Advertisements

Mensagem Positiva

11081152_1581954765422435_7529280593023007053_n
Arte: Fernanda Castelo

Eu uso a poesia para me libertar

De toda energia negativa

Sem a arte não posso viver

Preciso me expressar

Então, não tente me privar

Então, não tente me calar

Seu sistema me impede de viver

Eu preciso abrir os olhos para ver

sonho de revolucionário

Traçar metas para o seu pais

uma mensagem positiva

Pra uma sociedade dividida

Então, não me prive de ser artista

Então, não cale a minha voz

A sua falsa “liberdade” me escraviza

Me sufoca e me fadiga…

Quero amar sem medo

Navegar no meu mar

Descobrir o que é a vida

Mergulhar sem me afogar

Preciso me expressar

Preciso me expressar

Aprender amar